A IMPULSO apresenta ainda a possibilidade de intervir em contexto escolar em parceria com escolas. Este tipo de serviço pode ser solicitado pela própria escola/instituição ou pelo encarregado de educação (mediante disponibilidade da escola/instituição em questão).

Quando pensamos em ambiente natural pensamos no mundo real, onde a maior parte de nós passa grande parte do tempo. Para as crianças parte do seu ambiente natural serão as salas de ensino regular, sem quaisquer adaptações, modificações especiais, nem instrução especializada. O ambiente natural faz um bom trabalho de socialização com a maior parte das pessoas, contudo as coisas podem por vezes ficar um pouco difíceis para pessoas com necessidades especiais. É por isso necessária a introdução de mecanismos adaptativos e de inclusão, bem como uma vigilância do desenvolvimento psicomotor.

Principal público alvo:

Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção;

 Perturbações do Espectro do Autismo e Perturbações  Globais do Desenvolvimento;

 Síndrome de Down e outras Cromossomopatias;

 Paralísia Cerebral, Afasia e Dispraxia;

 Dificuldades de Aprendizagem (Dislexia, Disgrafia, Disortografia, Discalculia, etc);

 

Atraso do Desenvolvimento Psicomotor e Atraso Global do Desenvolvimento;

 Esclerose Múltipla e outras Perturbações do Neurodesenvolvimento;

  Epilepsia e outras Doenças Neurológicas;

 Perturbações do Humor e Perturbações de Ansiedade;

 Síndrome de X-Frágil e Síndrome de Turner.

Objetivos da Intervenção Psicomotora em sessões individuais:

  • Promoção da regulação, gestão e expressão de emoções;
  • Promover a estruturação rítmica como mediador do desenvolvimento e coordenação motora;
  • Desenvolver habilidades corporais como o equilíbrio, coordenação, dissociação, orientação espacial e temporal;
  • Elaboração da noção corporal, capacitando a criança/adolescente para uma melhor compreensão do seu corpo em relação ao seu meio envolvente;
  • Exploração do jogo simbólico de modo a elevar as sensações e as perceções a níveis de consciencialização, simbolização e conceptualização;
  • Estimulação da praxia fina e movimentos segmentares do corpo para a fundação da escrita;
  • Promover estratégias de intervenção que atuem no desenvolvimento psicomotor;
  • Promover técnicas de relaxação e de auto-relaxação de modo a melhorar a concentração e diminuir sintomas de ansiedade e agitação psicomotora;
  • Exploração de diversos materiais e texturas com o corpo promovendo a integração sensorial e criatividade.

Objetivos da Intervenção Psicomotora em sessões de grupo:

  • Promover a socialização e capacidade de entre-ajuda;
  • Aprendizagem acerca do respeito das regras e de esperar pelo seu momento;
  • Promoção da regulação, gestão e expressão de emoções;
  • Promover a estruturação rítmica como mediador do desenvolvimento e coordenação motora;
  • Desenvolver habilidades corporais como o equilíbrio, coordenação, dissociação, orientação espacial e temporal;
  • Elaboração da noção corporal, capacitando a criança/adolescente para uma melhor compreensão do seu corpo em relação ao seu meio envolvente;
  • Exploração do jogo simbólico de modo a elevar as sensações e as perceções a níveis de consciencialização, simbolização e conceptualização;
  • Estimulação da praxia fina e movimentos segmentares do corpo para a fundação da escrita;
  • Promover estratégias de intervenção que atuem no desenvolvimento psicomotor;
  • Promover técnicas de relaxação e de auto-relaxação de modo a melhorar a concentração e diminuir sintomas de ansiedade e agitação psicomotora;
  • Exploração de diversos materiais e texturas com o corpo promovendo a integração sensorial e criatividade.

Técnicas terapêuticas adequadas a esta faixa etária:

  • Avaliação do Perfil Psicomotor;
  • Aplicação da SGS II (rastreio desenvolvimental) (**);
  • Intervenção Psicomotora;
  • Integração Sensorial;
  • Psicomotricidade em Meio Aquático (*);
  • Programas de Relaxação Terapêutica;
  • Estimulação  Cognitiva.

 

  • (*) – mediante protocolo existente na zona de residência
  • (**) – 0 a 5 anos de idade