A IMPULSO  propõe-se a dar respostas terapêuticas em parceria com lares/centros de dia que não tenham de momento respostas especializadas para o tipo de cuidados providenciados pela nossa equipa.

Partindo do pressuposto que a base terapêutica num lar/centro de dia será a coesão social, seguir-se-ão os objetivos de estimular as competências cognitivas, psicomotoras e sensoriais. Através dos serviços disponíveis, os utentes beneficiarão de um conjunto alargado de atividades psicomotoras e de relaxamento quer individuais como em grupo especificamente desenvolvidas para cada caso. Compartimentando grupos de acordo com o grau de dependência ou da patologia (ex., demência, parkinson e alzheimer, etc) a terapia terá mais sucesso uma vez que proporciona maior especificidade terapêutica. Porém salvaguarda-se sempre a importância do trabalho individual e a importância da relação terapêutica.

Principal público alvo:

Doença de Alzheimer e outras demências;

 Parkinson e Síndromes Parkinsonianos;

 Défices de Memória e outros Quadros de Demência;

 Pós-AVC e TCE;

 

 Perdas de Equilíbrio e Síndrome Vertiginoso;

 Perturbações do Humor e Perturbações de Ansiedade;

 Cuidados Paliativos;

 Entre outros.

 

Objetivos da Intervenção Psicomotora em lares/centro de dia:

 

  • Promover o bem-estar e qualidade de vida do utente;
  • Estimular o espírito de grupo e entre-ajuda promovendo a socialização e reintegração na comunidade institucional;
  • Potencializar o treino cognitivo com ênfase na memória e raciocínio prático;
  • Potencializar o reinvestimento do utente no seu corpo, aumentando a sua auto-estima e interesse por si próprio;
  • Trabalhar a Orientação Espacial e Temporal potencializando uma maior orientação do utente no seu dia-a-dia e face às suas rotinas;
  • Estimular e potencializar o treino cognitivo, promovendo a manutenção de todas as funções executivas ainda existentes;
  • Estimular o trabalho de praxia fina estimulando movimentos mais sensíveis e necessários para as atividades diárias do utente;
  • Desenvolver o treino de marcha e equilíbrio de forma a melhorar o equilíbrio estático e dinâmico e a mobilidade do utente;
  • Promover a prática regular de atividade física de modo a minimizar o declínio da performance física e Sarcopenia.

 

Técnicas terapêuticas adequadas a esta faixa etária:

  • Avaliação do Perfil Psicomotor;
  • Intervenção Psicomotora;
  • Integração Sensorial;
  • Psicomotricidade em Meio Aquático (*);
  • Programas de Relaxação Terapêutica;
  • Estimulação  Cognitiva;
  • Cuidados Paliativos;
  • Treino de Marcha;
  • Treino das Atividades de Vida Diária.

(*) – mediante protocolo existente na zona de residência